AÇÕES DE LEITURA E LITERATURA ORAL

HISTÓRIAS AFRO-BRASILEIRAS – Ações de leitura e literatura oral

O projeto “HISTÓRIAS AFRO-BRASILEIRAS – Ações de leitura e literatura oral” realizado pela Cia Teatro Griô, oferece uma semana repleta de atividades em homenagem ao Dia Mundial do Livro. De 23 a 29 de abril acontecem Sessões de histórias, Oficinas de narração e outras ações artísticas do grupo Teatro Griô, inspiradas nas histórias da cultura afro-brasileira, nas bibliotecas comunitárias Bety Coelho e Jorge Amado. Além de apresentações das escritoras e narradoras Vanda Machado e Vovó Cici, e do espetáculo “Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô”, no Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura – Salvador Shopping.

Acontecem ações gratuitas como a Oficina A Arte de Narrar histórias, com os Fundadores e Coordenadores do grupo Teatro Griô – Rafael Morais e Tânia Soares (Narradores, Diretores e Professores de Teatro, Mestres em Artes Cênicas-UFBA) para educadores, mediadores de leitura e a comunidade em geral. Uma Oficina no dia 23 de abril, das 14 às 17 horas, na Biblioteca Jorge Amado – Fundação Pierre Verger; e outra Oficina no dia 26 de abril, das 14 às 17 horas, na Biblioteca Betty Coelho. As inscrições para as oficinas são realizadas através do e-mail teatro@teatrogrio.com.br.

O público de todas as idades pode assistir ao espetáculo Minha Aldeia, que traz mitos e contos populares de tradições africanas, afro-brasileira, indígenas e ibérica, entremeadas de cantigas. Ancestralidade e sabedoria popular são os fios condutores da montagem “Minha Aldeia”. As fábulas recheadas de magia trazem à cena os contos de autores como Mãe Beata de Yemonjá, Ruy do Carmo Póvoas e Vanda Machado. Nas tramas, sempre costuradas por músicas, traduzem-se a vida e o encanto da Cultura Afro-Brasileira, os mitos dos orixás e histórias de animais astutos e sagrados. O espetáculo consegue unir histórias densas e leves, engraçadas e líricas, que permaneceram vivas em nossa memória através dos tempos na tradição oral e levam a refletir sobre nós mesmos, nosso olhar, nossa vivência em comunidade e nossa presença no mundo.

O espetáculo Minha Aldeia vem encantando plateias como convidado em Festas e Encontros como Flipelô – Festa Literária Internacional do Pelourinho; Festa no Céu – Encontro Artístico Inspirado na Cultura da Infância; FLICA – Festa Literária Internacional de Cachoeira; Teatro Griô em Flor – Encontro Artístico Inspirado nas Narrativas de Tradição Oral e recentemente foi espetáculo convidado da programação do 12º Viva Teatro, Viva o Circo, do Teatro do SESC Pelourinho e realizará apresentações em maio no SESC Bom Retiro, em São Paulo, na programação do Boca do Céu – Encontro Internacional de Contadores de histórias. E agora pode ser conferido no projeto Histórias Afro-Brasileiras nos dias 28 e 29 de abril, às 16 horas, com entrada franca, no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura do Salvador Shopping).

Ainda no sábado e no domingo, 28 e 29 de abril, antes do espetáculo Minha Aldeia, o público pode chegar mais cedo, às 15 horas, para escutar as sessões de histórias das narradoras Vanda Machado (Escritora, Doutora em Educação, Criadora do Projeto Irê Ayó na Comunidade de Terreiro Ilê Axê Opo Afonja), no sábado; e de Vovó Cici (Narradora de contos populares de tradição oral; Escritora, pesquisadora na Fundação Pierre Verger).

Na biblioteca Jorge Amado, localizada no Espaço Cultural Pierre Verger, Ladeira da Vila Améria, 18, Engenho Velho de Brotas) e na Biblioteca Infanto Juvenil Betty Coelho, localizada na Rua Lavínia Magalhães, 42, Boca do Rio; acontecem além das oficinas A Arte de Narrar histórias, Sessões de histórias com os narradores do Teatro Griô.

Todas as atividades do projeto Histórias Afro Brasileiras têm entrada franca e classificação livre para todos os públicos e são voltadas para crianças, adolescentes, adultos, educadores, mediadores de leitura e a comunidade em geral de todas as idades. O projeto tem o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

 

PROGRAMAÇÃO:

 

Dia 23 de abril, segunda-feira, Dia Mundial do Livro, Ação na Biblioteca Jorge Amado – Fundação Pierre Verger:

Das 14 às 17 horas: Oficina A Arte de Narrar histórias – com Rafael Morais e Tânia Soares;

Às 17 horas: Sessão de Histórias com o Grupo Teatro Griô

Local: Biblioteca Jorge Amado, Espaço Cultural Pierre Verger, Ladeira da Vila América, 18, Engenho Velho de Brotas

 

Dia 26 de abril, quinta-feira, Ação na Biblioteca Betty Coelho:

Das 14 às 17 horas: Oficina A Arte de Narrar histórias – com Rafael Morais e Tânia Soares;

Às 17 horas: Sessão de Histórias com o Grupo Teatro Griô

Local: Biblioteca Infanto Juvenil Betty Coelho, Rua Lavínia Magalhães, 42, Boca do Rio

 

Dia 28 de abril, sábado, no Teatro Eva Herz:

Às 15 horas: Sessão de histórias com Vanda Machado;

Às 16 horas: Apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô

Local: Teatro Eva Herz, Livraria Cultura, Salvador Shopping.

 

Dia 29 de abril, domingo, no Teatro Eva Herz:

Às 15 horas: Sessão de histórias com Vovó Cici;

Às 16 horas: Apresentação do espetáculo Minha Aldeia – Sessão de histórias e cantigas do Teatro Griô

Local: Teatro Eva Herz, Livraria Cultura, Salvador Shopping.

 

FICHA TÉCNICA:

Criação e Coordenação: Rafael Morais e Tânia Soares;

Participantes: Alice Carvalho, Amine Darzé, Ana Emília, Andréa Coelho, André Almeida, Clara Morais, Darluce Azevedo, Gabi Guedes, Gabriela Sampaio, Josiene Borges, Layno Pedra, Lícia Brasileiro, Maria Iris, Rafael Morais, Tânia Soares, Valéria Ettinger, Vanda Machado, Vania Valadares, Victória Laens, Vovó Cici e Zidi Brandão.

Assessoria de Imprensa: Anne Pinto

Luz: Ruhan Alvares

Designer: Tai Oliver

Produção Executiva: Rafael Morais, Tânia Soares, Lícia Brasileiro e Josiene Borges.

Produção e Realização: Teatro Griô

Serviço: O quê? Projeto Histórias Afro-Brasileiras – Ações de leitura e literatura oral;

Quando/Onde? Dia 23 de abril, segunda-feira/Biblioteca Jorge Amado (Espaço Cultural Pierre Verger, Ladeira da Vila América, 18, Engenho Velho de Brotas);

Dia 26 de abril, quinta-feira/ Biblioteca Betty Coelho (Rua Lavínia Magalhães, 42, Boca do Rio);

Dias 28 e 29 de abril, sábado e domingo, no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura, Salvador Shopping).

 

Quanto? Entrada Franca!

Inscrições para Oficinas? Solicitar ficha de inscrição através do e-mail teatro@teatrogrio.com.br

Contatos:teatro@teatrogrio.com.br www.teatrogrio.com.br www.fb.me/teatrogrio